Projeto oferece oportunidade a interessados em implantar uma Confecção do Futuro - QuatroK Têxtil
Área Restrita

Novidades

Projeto oferece oportunidade a interessados em implantar uma Confecção do Futuro

Projeto oferece oportunidade a interessados em implantar uma Confecção do Futuro

Com o objetivo de fortalecer um dos mais importantes elos da cadeia têxtil nacional e garantir sua competitividade, ocorreu, nesta sexta-feira (29), em Blumenau, a apresentação do projeto “Confecção do Futuro”, uma iniciativa desenvolvida pela Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), Fundação Certi e Senai/Cetiqt. O evento foi promovido com o apoio do Sintex e marcou também o encerramento da Semana da Indústria, uma ação da Federação das Indústrias de Santa Catarina, na região.

O diretor superintendente da Abit, Fernando Pimentel, destacou a importância do projeto para a competitividade das empresas. “Tem coisas que não dependem do governo e cabem às empresas desenvolver para garantir seu lugar no mercado”, afirmou. O presidente do Sintex, Ulrich Kuhn, também falou sobre a necessidade de modernização nas confecções para enfrentar a concorrência internacional.

O projeto “Confecção do Futuro” foi apresentado em detalhes pelo representante da Fundação Certi, Jefferson Mello. A iniciativa visa desenvolver um Sistema de Manufatura Reconfigurável (SMR) na empresa selecionada, uma nova tendência que permite que a mesma linha de produção fabrique diferentes itens ao longo do dia, com mais flexibilidade e eficiência. “Com este sistema é possível, por exemplo, produzir camisas pela manhã e calças à tarde”, destacou o especialista. Entre os benefícios do sistema estão a possibilidade de atender pedidos segmentados e cada vez mais personalizados.

Além disso, Mello falou sobre diversas características que compõem as confecções do futuro, como uso de máquinas inteligentes, sistemas de controle e empoderamento das pessoas que desenvolvem os processos. Outros diferenciais apontados pelo especialista na confecção do futuro são o modelo de governança, a busca da melhoria contínua, valorização dos recursos humanos e desenvolvimento de diferenciais competitivos.

Após a apresentação, as empresas interessadas em se candidatar ao projeto foram convidadas a preencher um formulário que será avaliado por uma banca examinadora. Apenas uma empresa será selecionada para receber a consultoria para o desenvolvimento do projeto de “Confecção do Futuro” em sua unidade fabril. Os investimentos para a implantação de equipamentos e benfeitorias necessárias são de responsabilidade da empresa selecionada e optativos.

Apesar do projeto contemplar apenas uma empresa do Brasil, o diretor da Abit garantiu que já estão sendo estudadas alternativas de financiamento para ampliar a abrangência do projeto. Por isso, a importância de todas as empresas interessadas se cadastrarem. “Caso sejam identificadas mais empresas aptas, vamos atrás de outras formas de viabilizar o projeto para mais confecções”, explicou Pimentel.

O projeto pode ser acessado neste link.

Fonte: Sintex

Conheça as malhas da quatrok:

Sintéticas Algodão Mistas