Conheça as formas de enfestar tecidos! - QuatroK Têxtil
Área Restrita

Novidades

Conheça as formas de enfestar tecidos!

Conheça as formas de enfestar tecidos!

Quem trabalha com confecção já sabe todos os processos para a produção das peças. O enfesto é uma rotina muito importante e consiste em estender o tecido em camadas ou folhas, de forma que permita o corte simultâneo das peças que serão costuradas. Muitos profissionais trabalham com o enfesto manual, mas existem outras formas de realizar o serviço.

 

Os principais e mais conhecidos métodos para enfestar diferentes tecidos são: manual, com suporte manual, enfesto elétrico e carro automático. O profissional precisa dominar todas as técnicas envolvidas neste processo. Conheça cada uma delas a seguir.

Enfesto manual

 

O enfesto manual é feito sem a ajuda de máquinas. Como o próprio nome já diz, o trabalho é realizado manualmente. Duas pessoas estendem o tecido sobre a mesa de corte. Um fica responsável pelo casamento lateral de um dos lados, sendo esse o enfestador, e a outra pessoa é o auxiliar de enfesto.

 

No entanto, este método é utilizado por confecções pequenas, com pouca produção e quem não tem recursos para adquirir uma máquina enfeadeira. A qualidade do enfesto manual é baixa e não é muito indicada para a confecção em grande escala.

Enfesto com suporte manual

 

Este tipo é bem mais prático que o enfesto manual, porém é bem semelhante. O trabalho é realizado com uma enfestadeira que funciona como suporte, responsável por levar o rolo de tecido de um lado para o outro na mesa de corte. Com a máquina é possível operar a tensão da malha criando um alinhamento mais preciso nas laterais. Este método não precisa de mais de uma pessoa para enfestar.

 

Enfesto elétrico

 

O enfesto elétrico é feito com um carrinho que funciona com eletricidade. Também conhecida como enfestadeira elétrica, o profissional programa o comprimento do enfesto, número de folhas de tecido e o tipo de enfesto que deseja realizar. Seu custo é mais alto, no entanto, o tempo é bem mais otimizado que o enfesto manual.

 

Enfesto com carro automático

 

Este sistema é bastante utilizado em confecções que trabalham com grandes quantidades de produção, ou seja, com enfesto comprido e com diversas camadas e é totalmente diferente do enfesto manual. A máquina recebe a informação para enfestar através do CAD de encaixe, um arquivo digital que fornece informações sobre o enfesto.

 

Principais cuidados ao enfestar um tecido

 

Enfestar não é apenas sobrepor camadas de tecidos! O profissional também deve estar atento para minimizar os erros neste processo e estar sempre atento a atividade.

 

  • Alinhamento: a malha a ser trabalhada deve estar bem alinhada nas duas bordas;
  • Estiramento excessivo do tecido: cuidado com a tensão ou o estiramento. O descuido pode fazer com que as peças cortadas fiquem menores;
  • Enrugamento: ajuste bem o tecido no topo das camadas, caso contrário as bolhas de ar dentro do tecido irão distorcer na hora de cortar.
  • Controle os desperdícios: evite o consumo excessivo de tecido, controlando os desperdícios nas extremidades do enfesto.
  • Deixe descansar: após realizar o enfesto é importante deixar os tecidos descansarem por algumas horas. Isso evitará que as peças cortadas fiquem menores;
  • Marcação dos defeitos: durante o processo de enfestar é importante identificar e marcar as possíveis falhas.

Conheça as malhas da quatrok:

Sintéticas Algodão Mistas